Notícias

Educação financeira para 5 milhões de crianças até 2022. Nosso legado para o futuro.

A falta de planejamento financeiro e de uma reserva financeira, além do endividamento, afetam diretamente a qualidade de vida de milhões de brasileiros. Podem causar stress, ansiedade e muitos outros problemas de saúde. Por isso, é fundamental olhar com atenção para as próximas gerações para que elas tenham uma relação mais saudável e consciente com o dinheiro. Pensando nisso, o Banco Central do Brasil, pelo trabalho de seus Analistas, desenvolveu o Programa Aprender Valor.

O projeto, que tem investimento de R$11 milhões até 2022, é feito em parceria com escolas públicas e a UFJF. A meta é ensinar planejamento, poupança e crédito em mais 100 mil escolas municipais, estaduais e federais do ensino fundamental de todo o Brasil. Até 2022, a missão é alcançar 5 milhões de alunos. 

O Programa Aprender Valor possui uma plataforma de ensino online (acesse aqui) e um plano de ação que abrange várias frentes:

– Formação online para os professores, que são os grandes facilitadores deste conteúdo nas escolas;
– Projetos escolares com educação financeira integrada às disciplinas de matemática, língua portuguesa, história e geografia para os 9 anos do ensino fundamental;
– Formação online para diretores e gestores; e
– Curso de finanças pessoais para professores e gestores.

É fundamental que crianças e adolescentes tenham uma melhor relação entre desejos e recursos e que entendam o que possui valor em suas vidas. Essa foi, inclusive, a inspiração para o nome do Programa Aprender Valor.  

Ao mesmo tempo, a formação dos professores, gestores e diretores também é uma grande aliada na educação financeira e está auxiliando este grupo em questões pessoais e operacionais da escola.  

O impacto desta iniciativa não é apenas econômico, mas também social. Tem o poder de redefinir histórias e transformar vidas. Um projeto inovador que reafirma o compromisso dos Analistas do Banco Central com o futuro do Brasil.  

Scroll Up